Vasco Prado

Nasceu em 1914 em Uruguaiana, e morreu em Porto Alegre em 1998. Escultor, desenhista e gravador. Nos anos 50 fundou o Clube de Gravura com Carlos Scliar, Danúbio Gonçalves, Glênio Bianchetti e Glauco Rodrigues, que foi um dos marcos da história da Arte Gaúcha, realizando uma obra de cunho social, e, em especial enfocando a temática regionalista do gaúcho em sua vida no campo. Lecionou escultura e desenho em seu atelier, no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, na Universidade de Caxias do Sul, no MARGS. Vasco Prado é um dos escultores mais importantes do Brasil e certamente um dos mais influentes em sua terra natal, tendo formado gerações de novos artistas e inseminado o trabalho de muitos outros. Após a fase do Clube da Gravura, com sua temática social e politicamente engajada, sua obra passou a apresentar um caráter cada vez mais sintético e abstratizante, com um magnífico equilíbrio formal de índole classicista, embora tenha incorporado diversos elementos e recursos técnicos da contemporaneidade e jamais tenha aberto mão de suas convicções libertárias, como provam diversos trabalhos sobre temas e figuras ilustres da história e tradição gaúcha brasileira. Outros de seus temas recorrentes são a mulher, o cavalo e os amantes. Além da maestria apresentada no manejo da pedra e do bronze, também foi um grande gravador, ceramista e desenhista. Tem obras espalhadas tanto no Brasil quanto pelo exterior.

Título: Cavalo se coçando

Técnica: Escultura em bronze

Dimensões: L=55 cm

Ref: 820

 


Navegação