Kassandra, de Roger Monteiro

Friday November 7th, 2014

roger-monteiro-kassandra-capa

Kassandra, Versos do Silêncio e da Loucura é uma graphic novel de Roger Monteiro baseada no curta­metragem Kassandra, do diretor Ulisses da Motta Costa. As duas obras compartilham os pontos chave de sua narrativa, embora ambas nos ofereçam perspectivas diferentes a respeito de uma mesma história.

Assim como no filme, Kassandra é uma garota com graves distúrbios psiquiátricos, ocasionados por um trauma obscuro do passado, que a colocou em um estado de mutismo e retraimento social, com notas de agorafobia. Seu mundo parece ser o apartamento enorme, povoado de lembranças, em que ela vive sozinha, procurando se abster do convívio com outras pessoas, que considera hostil e doloroso. Mesmo assim, algumas presenças insistem em se impor ao seu retiro, presenças essas que, em diferentes níveis, afetam ainda mais o seu estado de espírito. Obrigada a lidar com os métodos pouco ortodoxos de um terapêuta manipulador e com os arroubos sexuais de um vizinho de índole exibicionismo, Kassandra ainda se vê constantemente acossada por uma figura que transita entre o delírio e a assombração, a quem ela costuma se referir como Homem Grande.

Se no curta­metragem a condição de mutismo de Kassandra nos leva a um contexto de silêncio opressivo e angustiante, na graphic novel uma nova dimensão de compreensão da personagem se abre, quando Roger nos dá acesso aos seus pensamentos, que se manifestam em forma de versos, num contraponto verborrágico ao caráter lacônico do filme. Isso permite que essa Kassandra, dos quadrinhos, compartilhe melhor a sua história, ou pelo menos o seu ponto de vista da história, o que acaba clarificando algumas lacunas do roteiro original ­ também de autoria de Roger Monteiro. Entretanto, como o universo da personagem parece se sustentar apenas pela contradição e pelo mistério, enquanto algumas perguntas são respondidas, outras vão surgindo, tecendo uma estrutura quase labiríntica em que a narrativa linear é uma mera aparência.

Kassandra, Versos do Silêncio e da Loucura apresenta texto e arte de Roger Monteiro.

Para construir as imagens doentias que habitam a mente de Kassandra, o autor executou uma infinidade de intervenções gráficas sobre os frames originais do filme, puxando a estética original, do preto e branco, para uma paleta de cores entre o onírico e o lisérgico, um universo em que aquilo que é visto está sujeito, o tempo todo, a diferentes graus de distorção, variáveis de acordo com o estado mental da personagem. Isso traz para dentro da narrativa um caráter de instabilidade, em que nenhum dos personagens que surge em cena possui uma forma completamente cristalizada, mas se mostra de modo cambiante, ora amigável, ora indiferente, ora monstruoso.

O lançamento da graphic novel ocorre no dia 5 de novembro, inserido na programação oficial da Sala P. F. Gastal, da Usina do Gasômetro, para a próxima edição da Feira do Livro de Porto Alegre. Na ocasião, acontecerá, ainda, uma sessão de Kassandra, com a presença da equipe e de parte do elenco. O evento tem o apoio da Cervejaria Coruja.

 

 

Contato