Iberê Camargo

Filho de funcionários da Viação Férrea, Iberê (1914-1994) passou a infância no interior do Rio Grande do Sul, cuja paisagem de desolação foi decisiva para o exercício do olhar e para a fixação dos princípios morais que norteiam seu pensamento. Em 1942, instalou-se no Rio, onde foi aluno de Guignard. Em 1948, graças ao Prêmio de Viagem obtido no Salão de Arte Moderna, Iberê foi para a Europa, onde estudou com De Chirico e André Lhote – período fundamental para a formação de seu olhar.

Quando retornou ao Brasil, no início dos anos 50, já foi convidado a participar da 1ª Bienal de SP. Desde então, Iberê realizou inúmeras exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior. Fundou o curso de gravura em metal no Instituto Municipal de Belas Artes do Rio (1953), atividade constante do artista. Equiparável à produção internacional, embora aquém de sua real importância, a obra de Iberê vem se afirmando desde os anos 60. A partir de 1982, Iberê voltou a residir em Porto Alegre, onde viveu até 1994. Em 2008, foi inaugurada a sede da Fundação Iberê Camargo, na capital gaúcha, que reúne o precioso acervo de cerca de 4000 obras doado por sua viúva, Maria Coussirat Camargo.

Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em Inglês Americano.

Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em Inglês Americano.

Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em Inglês Americano.

Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em Inglês Americano.

Iberê Camargo

Meu personagem – 1963

água-forte sobre papel Canson

25 x 20 cm

(imagem) 5/30 

Assinada, datada e numerada na frente

Catalogada no Raisonée do artista á p. 328

Perfeito estado de conservação e emoldurada


 

Iberê Camargo

Núcleo – 1965

água-tinta sobre papel Auvergne 

25 x 37 cm

(imagem) edição 132/300

Assinada e numerada na frente

Perfeito estado de conservação

Margens preservadas e emoldurada

Catalogada em duas p no Raisonée do artista 240 e 241


 

Iberê Camargo

Série Carretéis – 1970

Guache sobre papel

22 x 41 cm

Assinado e datado na frente e emoldurado

Perfeito estado de conservação

Catalogado na Fundação Iberê Camargo  


 

Iberê Camargo

Suíte Manequins 6 – 1986

Serigrafia da Suíte Manequins

Serigrafia sobre papel Fabriano 70 x 48,8 cm 

47/100 assinada, datada e numerada à lápis na frente

Catalogada no Raisonée do artista à p. 375

Perfeito estado de conservação

Com margens preservadas e emoldurada


 

Iberê Camargo

Manequins de Porto Alegre – 22/3/1986 

Óleo sobre madeira

Registro do artista 14/86

Assinado, datado frente e verso e emoldurado

Catalogado na Fundação Iberê Camargo

Perfeito estado de conservação


 

Iberê Camargo

1990

Água-tinta, verniz mole e maneira negra sobre

papel Hahnemühle

20 x 15 cm

(imagem) 9/30 

Assinada, datada e numerada na frente

Catalogada à p. 278 do Raisonée do artista

Perfeito estado de conservação e margens preservadas


 

Iberê Camargo

Cerâmica pintada – 1995

27 cm

Assinado e datado no verso

Perfeito estado de conservação


 

Iberê Camargo

Suíte Manequins – 1986

serigrafia sobre papel algodão

70 x 50 cm


 

Iberê Camargo

da Suíte Manequins

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 70×50 cm

Edição de 100

Ref: 255


 

Iberê Camargo

SUÍTE MANEQUINS 9 – 1986

serigrafia sobre papel Fabriano

70 x 50 cm

58/100

Assinada, datada e sem moldura

Reproduzida no Catalogo Raisonné do artista á p.377


 

Iberê Camargo

Título: Figura

Técnica: Óleo sobre madeira

Dimensões: 42×30 cm

Ano: 1983

 


 

Iberê Camargo

Título: Ligia

Técnica: Óleo sobre tela

Dimensões: 92×63 cm

 


 

Iberê Camargo

Suíte Manequins 3 – 1986

70,3 x 50 cm

34/100

Assinada, datada, sem moldura

Perfeito estado de conservação

Reproduzida à p. 374 do Catalogo Raisonée do artista


 

Iberê Camargo

da Suíte Manequins

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 70×50 cm

Edição de 100

Ref: 300


 

Iberê Camargo

Da Série “Ciclistas do Parque da Redenção” – 1985

Serigrafia sobre papel Fabriano

42 x 63 cm

83/100

Assinada, datada e numerada á lápis na base e emoldurada

Perfeito estado de conservação

Catalogada no Raisonée do artista à p.369 de página inteira.


 

Iberê Camargo

Da Série “As Criadas” – 1986

Guache e lápis Stabilotone sobre papel algodaõ

100 x 70 cm 

Assinado, localizado e datado frente e verso

Catalogado na Fundação Iberê Camargo

Emoldurado e em perfeito estado de conservação


 

Iberê Camargo

guache sobre cartão

1978

51x73cm

Iberê Camargo

Da Série “Ciclistas na Redenção” – 1990 

Guache e lápis sobre papel algodão

50 x 70 cm

Assinado e datado frente

Perfeito estado de conservação e emoldurado

Catalogado na Fundação Iberê Camargo


 

Iberê Camargo

nanquim, guache e lápis sobre papel algodão

1994

29,5 x 41,5cm


Desculpe-nos, mas este texto está apenas disponível em Inglês Americano.