Laurentino

Laurentino Rosa dos Santos nasceu em 1937, na vila de Lancinha, em Rio Branco do Sul, Paraná. Filho de gente da roça, começou a trabalhar com madeira aos oito anos de idade, após a morte do pai, que fabricava cestos e também violinos. Laurentino trabalhou ainda como jardineiro, mas é conhecido em todo o País e no exterior por causa de seus “sinaleiros do vento”, um boneco de madeira, cujos braços se movem à maneira de uma rosa-dos-ventos. “Eu inventei essa brincadeira com mais ou menos sete anos. Eu queria fazer um aviãozinho, por isso fiz asas e acabei colocando no boneco”, contou certa vez o artista. Durante muito tempo, trabalhou como pipoqueiro e seus sinaleiros faziam parte de seu carrinho.

Os “sinaleiros do vento” ou “homens-catavento” criados pelo artista encantaram o público por nada menos do que seis décadas. Precisava de um dia para confeccionar cada um e não raro se via assoberbado pelos pedidos. Fãs do homenzinho de madeira espalharam a peça pelo país e há quem a considere um dos símbolos do Paraná. Um exemplar gigante durante duas décadas pontificou no Alto da XV em Curitiba, até se desintegrar.

madeira policromada

233 x 110 x 45 cm

 


 

Navegação